O que é e como montar um restaurante take away

Entenda o que é take away, como funciona, quais as vantagens e como implementar esse modelo no seu restaurante!
restaurante take away

Sumário

O take away é um modelo no qual o cliente retira o pedido para levar, ao invés de consumir no local. Ele se popularizou durante a pandemia de COVID-19, pois ajudava a reduzir as chances de contágio e era uma forma dos restaurantes continuarem operando. 

Agora, muitos estabelecimentos seguem oferecendo essa opção aos clientes e outros estão criando modelos de negócio baseados nesse conceito. Entre os benefícios estão a redução de custos operacionais, diversificação da receita e, é claro, a comodidade para os clientes. 

Se você quer saber mais sobre como funciona, quais as vantagens e como implementar o take away no seu restaurante, continue lendo este artigo! 

O que é take away e como funciona?

O “take away” é um conceito aplicado em negócios gastronômicos — como restaurantes, lanchonetes e food trucks —, no qual a refeição é preparada para levar. Ou seja: o cliente apenas retira o pedido no balcão ou outro local designado, e não consome no local. 

No Brasil,  o take away é praticado por 57% dos operadores de food service, de acordo com uma pesquisa realizada em 2023 pela ANR (Associação Nacional de Restaurantes), a Galunion (consultoria especializada) e a ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos). 

Alguns estabelecimentos oferecem essa opção como uma forma de diversificar as vendas e também proporcionar mais comodidade aos clientes. 

Ao acessar o aplicativo de delivery, por exemplo, a pessoa pode selecionar “Retirar o pedido no local” e apenas passar lá para buscar quando estiver pronto. Outra possibilidade é disponibilizar totens de autoatendimento para que os clientes façam os pedidos e escolham  se desejam consumir no local ou retirar para levar. 

Além disso, com a popularização dessa modalidade e maior aceitação por parte dos consumidores, estão surgindo cada vez mais negócios que trabalham exclusivamente desta forma. 

A grande vantagem é que um restaurante take away pode dispensar o serviço de mesa — o que permite uma estrutura mais enxuta e reduz os custos operacionais.

Qual a diferença entre take away, delivery e drive-thru?

Esses três modelos têm algumas semelhanças entre si, mas não são iguais. A principal característica comum entre todos eles é que o cliente não faz a refeição no estabelecimento. 

Entenda as diferenças entre take away, delivery e drive-thru a seguir:

Take away

É o serviço de retirada. Nele o cliente faz o pedido online (pelo site, aplicativo ou WhatsApp, por exemplo) ou presencialmente e retira no balcão do estabelecimento para consumir em outro local. 

Delivery

É o serviço de entrega. Nele o cliente faz o pedido online ou pelo telefone e recebe no endereço que desejar.

Drive-thru

Modelo mais comum nas redes de fast food, no qual o cliente não precisa sair do próprio carro para pedir e retirar o pedido no estabelecimento. 

Quais as vantagens do take away?

O modelo take away tem diversas vantagens, tanto para os estabelecimentos quanto para os clientes. Confira algumas delas abaixo!

Estrutura enxuta

Um restaurante take away não precisa ter um salão com mesas para que os clientes façam a refeição. Assim, sua estrutura pode ser mais simples: o suficiente para o tomar os pedidos dos clientes, organizar o estoque e realizar o preparo das refeições. 

Além disso, como não há serviço de mesa, não é preciso contar com equipamentos e utensílios para servir as refeições. 

Redução de custos operacionais

Outra vantagem desse modelo é a redução de custos operacionais quando comparado a um restaurante de serviço completo ou até mesmo a um delivery. 

Não é preciso investir tanto na estrutura física, ter uma equipe de atendimento grande e nem contratar motoboys para entrega. 

Expansão da base de clientes

No caso de restaurantes que já trabalham com serviço completo, oferecer o take away é uma forma de atingir um outro perfil de consumidor: aquele que procura por praticidade e refeições rápidas (mas não necessariamente fast food). 

Desta forma, seu negócio pode atrair mais pessoas e ampliar a base de clientes — e, consequentemente, a receita. 

Mais comodidade para os clientes

Os consumidores buscam comodidade e, muitas vezes, o serviço de take away é o que melhor se encaixa na rotina. Em vez de fazer a refeição no local, muitos preferem sair do trabalho e passar no restaurante para buscar o jantar para a família, por exemplo. 

Ele é uma opção intermediária entre comer no local e pedir pelo delivery. Portanto, o restaurante que conta com esse tipo de serviço está proporcionando diversas possibilidades de consumo para os clientes. 

Inclusive, essa variedade pode contribuir para fidelizar os clientes. Uma vez que eles podem escolher como desejam consumir em diferentes momentos, retornam mais vezes.

Leia também: Excelência de atendimento: 11 dicas para seu restaurante

Dicas para implementar o take away no seu restaurante

O modelo take away é simples de ser implementado. O pedido e o pagamento são feitos no próprio estabelecimento, e não é preciso se preocupar com a entrega, como ocorre no delivery.

Mas alguns pontos são importantes e contribuem para uma melhor experiência dos clientes. A seguir, listamos algumas dicas para ter sucesso com esse modelo!

Embalagem

Ter cuidado ao embalar os pedidos é fundamental para evitar acidentes (como derramar molhos) e refeições com uma apresentação desastrosa (ninguém gosta de comida destrambelhado, não é?). 

Invista em boas embalagens e aproveite para reforçar a sua marca, incluindo sua identidade visual e mensagens para seus clientes. Assim, eles se conectam ainda mais com o seu estabelecimento. 

Agendamento

Permita que os clientes agendem o horário em que vão buscar o pedido.

Isso é uma comodidade extra que pode ser um grande diferencial, pois o cliente não precisará aguardar pelo preparo do pedido. Mas atenção: é preciso cumprir o combinado para não gerar insatisfação. 

Espaço físico

Apesar de a estrutura de um restaurante take away ser mais enxuta, isso não significa que ela não merece atenção. Os clientes vão visitar o estabelecimento, então é importante ter um espaço adequado para recebê-los. Você não quer causar uma má impressão, não é mesmo?

Organização dos pedidos

Comodidade e praticidade são essenciais para uma operação take away. Como estão apenas retirando os pedidos para levar, os clientes esperam mais agilidade para não ter que ficar aguardando muito tempo. 

Por isso, é preciso organizar os pedidos para que sejam preparados com o máximo de eficiência. Contar com um sistema PDV integrado ao KDS é a melhor forma de registrar e acompanhar o preparo dos pedidos. 

Dica extra: Autoatendimento para take away

Soluções de autoatendimento podem tornar a experiência do cliente ainda melhor, pois ele terá autonomia para fazer o próprio pedido e não precisa aguardar pelo atendimento. 

Um cardápio digital QR Code como o EPOC GO permite que o cliente acesse o menu, faça o pedido e pague utilizando o próprio smartphone. 

Outra opção é o KIOSK, um totem de autoatendimento que pode ficar disponível no balcão ou outro local do estabelecimento para que o cliente navegue pelo cardápio, faça o pedido e pague. 

Ambos podem ser integrados a um sistema KDS com tela de expedição (com senhas), para que a produção e entrega dos pedidos seja ainda mais rápida. 

Se você quiser saber mais sobre essas e outras soluções a EPOC, agende uma demonstração gratuita agora mesmo!

Marianne Ternes

Marianne Ternes

Graduada em Jornalismo pela UFSC, é especialista em marketing de conteúdo e SEO para negócios B2B no setor de tecnologia.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico