Como calcular o ponto de equilíbrio do seu restaurante

Saiba o que é ponto de equilíbrio, entenda qual a importância de acompanhar esse indicador para restaurantes e aprenda como calcular
ponto de equilíbrio

Sumário

O ponto de equilíbrio é um indicador fundamental para manter a saúde financeira de um restaurante. É por meio dele que você consegue compreender se o seu negócio está dando lucro ou não, assim como determinar ações para melhorar os resultados. 

Para aprender como fazer o cálculo e saber mais sobre a importância dessa métrica, continue lendo este artigo! 

Kit de Planilhas Para Gestão de Bares e Restaurantes

Baixe 5 planilhas para manter a operação do seu bar ou restaurante sob controle e, com isso, descomplicar a administração do estabelecimento.

O que é ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio indica o quanto é preciso vender para que o restaurante cubra todos os seus custos e despesas. 

Em outras palavras, é o ponto em que as receitas se igualam aos gastos, não gerando nem lucro nem prejuízo. Ou seja: é o momento em que você não está ganhando e nem perdendo dinheiro. A partir dele, seu negócio começa a ter lucratividade. 

No mundo dos negócios, esse indicador também é conhecido como “ponto de ruptura”, “ponto zero” ou ainda “break even point”. 

Ele é fundamental para o planejamento e gestão financeira, pois ajuda a definir metas, compreender se o negócio está no caminho certo e a desenhar estratégias para alcançar uma maior lucratividade. 

Confira também: Calculadora de CMV grátis

Qual a importância desse indicador para restaurantes?

A gestão eficiente de um restaurante vai muito além de servir pratos deliciosos, ter um ambiente agradável e oferecer um bom atendimento. 

Para garantir a saúde financeira do negócio, é fundamental monitorar algumas métricas, entre elas o ponto de equilíbrio.  Na gestão de restaurantes, esse indicador contribui para:

Avaliar riscos

Ao calcular o ponto de equilíbrio do seu restaurante, você sabe a quantidade mínima de vendas que precisa fazer para não ficar no prejuízo. 

Assim, consegue acompanhar o desempenho com mais facilidade, avaliar os riscos e traçar estratégias para evitar endividamento e falência. 

Tomar decisões estratégicas

Esse indicador também fornece uma base sólida para entender a lucratividade, ajustar preços, desenvolver promoções e otimizar o mix de produtos.

Desta forma, você garante que cada decisão esteja alinhada com a sustentabilidade financeira do restaurante.

Precificar corretamente

Conhecer o ponto de equilíbrio também ajuda a fazer uma precificação mais eficiente, que seja atrativa para os clientes e, ao mesmo tempo, também assegure a cobertura de todos os custos. 

Isso é essencial para garantir a competitividade no mercado enquanto ainda gera margens de lucro saudáveis, contribuindo para a viabilidade financeira do negócio.

Controlar custos e despesas

O acompanhamento constante dessa métrica também incentiva a gestão eficiente de custos e despesas.

Ao identificar os elementos que mais impactam a rentabilidade, você pode implementar medidas para otimizar processos, negociar com fornecedores, reduzir desperdícios e outras medidas que contribuem para maximizar os lucros. 

Ter resiliência financeira

O mercado gastronômico é bastante competitivo e sofre diretamente os impactos da flutuação da economia, por isso é importante estar sempre preparado para momentos de crise e incertezas. 

Ao observar o ponto de equilíbrio, você pode antecipar os desafios financeiros, ajustar as estratégias e garantir a sobrevivência do seu negócio. 

Planejar investimentos e expansão

O cálculo do ponto de equilíbrio também é crucial para o planejamento de investimentos e expansão. 

Ao compreender as necessidades financeiras do seu restaurante, você pode avaliar com precisão a capacidade de absorver novos custos associados a expansões e melhorias operacionais, por exemplo. 

Com isso, reduz os riscos financeiros e fortalece a base para o crescimento sustentável do seu negócio. 

Como calcular o ponto de equilíbrio 

O cálculo do ponto de equilíbrio requer atenção a detalhes e uma compreensão profunda das finanças do restaurante. Por isso, se for possível, conte com a ajuda do seu contador.

Para fazer a conta, é necessário conhecer:

  • Receita: o valor total recebido pela venda dos produtos e serviços;
  • Custos variáveis: tudo o que gasta para a produção e que varia de acordo com o volume de vendas (insumos, impostos, embalagens etc.);
  • Despesas fixas: gastos que não variam conforme as vendas (aluguel, contas, folha de pagamento etc.);

Considerando isso, a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio é a seguinte:

Ponto de Equilíbrio = Despesas Fixas / Margem de Contribuição

Portanto, primeiro é preciso calcular a margem de contribuição. A fórmula é a seguinte:

Margem de contribuição = Receita – Custos e Despesas Variáveis

Vamos considerar valores unitários, para simplificar o exemplo. Se você gasta R$ 50 para produzir um prato e vende por R$ 100, então:

Margem de contribuição = 100 – 50

Margem de contribuição = 50

Em seguida, você deve calcular quanto a margem de contribuição representa na receita. Basta fazer a divisão:

Margem de contribuição / Receita

50 / 100 = 0,5

Por fim, faça o cálculo do ponto de equilíbrio. Aqui, vamos supor que as despesas fixas sejam de R$ 8.000:

Ponto de equilíbrio = 8.000 / 0,5

Ponto de equilíbrio = 16.000

Isso significa que você deve vender R$ 16.000 ou 160 unidades deste produto para alcançar o ponto de equilíbrio. 

Ponto de equilíbrio contábil, financeiro e econômico

Vale ressaltar que, no exemplo acima, consideramos o ponto de equilíbrio contábil, que considera apenas os custos e despesas variáveis e fixas. 

Mas há outros tipos: 

  • Ponto de equilíbrio financeiro, que leva em conta também a depreciação de ativos e os gastos não desembolsáveis:

Ponto de equilíbrio financeiro = despesas e custos fixos – despesas não desembolsáveis/margem de contribuição

  • Ponto de equilíbrio econômico, que utiliza custo de oportunidade e proporciona uma visão do lucro mínimo aceitável:

Ponto de equilíbrio econômico = custos e despesas fixas + custo de oportunidade/margem de contribuição

Leia também: Contabilidade para restaurantes: entenda como funciona

Conte com EPOC na gestão do seu restaurante

Agora que você já sabe como calcular o ponto de equilíbrio do seu restaurante, está mais preparado para acompanhar esse indicador e pensar estratégias de crescimento para o seu negócio. 

Como vimos, há diversas informações e dados que você precisa obter para fazer essa análise. Por isso, ter uma plataforma confiável para a gestão do seu restaurante é fundamental. 


A EPOC oferece uma série de soluções que não só tornam a sua operação mais eficiente, como também contribuem para uma gestão mais inteligente. Se você quiser ver como funciona na prática, agende uma demonstração gratuita e converse com nossos consultores.

Marianne Ternes

Marianne Ternes

Graduada em Jornalismo pela UFSC, é especialista em marketing de conteúdo e SEO para negócios B2B no setor de tecnologia.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico