Modelo de comanda: descubra qual o melhor para seu negócio

Atender bem aos clientes, otimizar a produção dos itens do cardápio e facilitar o registro de pedidos. Tudo isso são pontos importantes para se levar em conta na hora de escolher um modelo de comanda.

Sumário

Manter um controle eficiente dos pedidos dos clientes é fundamental para restaurantes e bares. E uma das melhores formas de fazer isso é por meio do uso de comandas. 

Além de ajudar a controlar as vendas, escolher um modelo de comanda adequado contribui para prestar um atendimento mais ágil e manter os clientes satisfeitos. 

Neste artigo, vamos falar sobre as diferentes opções disponíveis e como você pode criar seu próprio modelo. Confira!

banner para download do kit de planilhas para restaurantes


O que é uma comanda?

Para começar, vamos ver rapidamente o que é uma comanda e qual a sua importância. 

A comanda é uma forma de registro utilizada em restaurantes e bares para acompanhar e controlar os pedidos feitos pelos clientes. 

A forma mais tradicional é a comanda de papel e a mais moderna é a comanda eletrônica. Veremos mais sobre cada uma delas em seguida. Mas o importante agora é entender que, dependendo do modelo que você escolher, seu atendimento pode ser mais ou menos eficiente. 

Isso porque a comanda é essencial para a organização do atendimento ao cliente. Ela tem quatro funções principais:

1– É nela que o atendente anota o pedido, incluindo informações como quantidades, adição ou retirada de ingredientes, nome do cliente ou número da mesa, entre outras. 

2 – Ela também pode servir para orientar a equipe de produção na cozinha ou bar sobre os pedidos que devem ser preparados. 

3 – Quando o cliente deseja fechar a conta, ele entrega a comanda no caixa ou ao garçom. Ela serve para calcular o total a ser pago. 

4 – Após o pagamento, o estabelecimento pode arquivar a comanda para ter um controle das transações realizadas. 

A seguir, saiba um pouco mais sobre os tipos de comanda e entenda as vantagens e desvantagens de cada um. 

Leia também: Cashless: entenda o que é e quais as vantagens

Quais são os tipos de comanda para restaurantes e bares? 

Escolher o melhor modelo de comanda para seu estabelecimento começa pela decisão de qual sistema é mais adequado: papel, cartão ou digital. Continue lendo para saber mais! 

Comanda em papel 

O modelo mais tradicional é em papel. Ele pode variar de acordo com o estabelecimento. Alguns preferem trazer a lista de todos os itens do cardápio, outros deixam espaços em branco para o garçom anotar o pedido.

É claro que você pode adaptar e incluir elementos que ajudem a otimizar o atendimento. Por exemplo:

  • Logotipo e nome do restaurante ou bar
  • Número da mesa ou da comanda
  • Lista de itens e quantidades
  • Nome do cliente
  • Nome do atendente
  • Valor total 

Cartão de comanda

Uma opção um pouco mais moderna é o cartão de comanda. Nesse caso, em vez de um papel, o cliente recebe um cartão físico com tecnologia como RFID (Identificação por Radiofrequência) ou NFC (Comunicação por Campo de Proximidade), por exemplo.  

Esse tipo de cartão pode conter um chip embutido, um código de barras, um QR Code ou apenas o número. Isso possibilita registrar as informações dos pedidos e vincular a um cliente ou mesa. O garçom utiliza um leitor de cartões para fazer os registros no sistema, o que minimiza erros nos pedidos. 

As principais vantagens do sistema de comanda por cartão em relação à comanda de papel são:

  • O sistema pode ser integrado com a produção e, assim, automatizar a operação e tornar a entrega dos pedidos mais rápida.
  • Facilita o encerramento e pagamento da conta, além de fazer o registro automático e preciso das vendas.
  • Pode ser integrado ao sistema de gestão de estoque, dando baixa automaticamente sempre que o produto for vendido. 
  • É possível criar uma arte de cartão de comanda personalizada, reforçando a marca do estabelecimento.
  • Eles são reutilizáveis e, por isso, mais sustentáveis e econômicos. 
  • Melhoram a experiência dos clientes. 
modelo de cartão de comanda exemplo

Comanda digital 

A comanda digital é uma tecnologia que utiliza como plataforma dispositivos eletrônicos como smartphones, tablets ou totens de autoatendimento. 

Quando o aparelho é usado pela equipe de atendimento, ele funciona como uma comanda tradicional, com a diferença que, após tomar os pedidos, tudo é enviado automaticamente para a cozinha e/ou para o bar.

Isso significa que o atendimento fica muito mais ágil, já que os garçons, por exemplo, não precisam adotar um pedido, ir até a cozinha, voltar para atender outra pessoa, e depois para a cozinha novamente. É possível atender todos os clientes em minutos.

cliente usando comanda digital

Quando a comanda digital é usada no smartphone do próprio cliente, ele pode abri-la, incluir seus pedidos e enviá-los para cozinha por conta própria sem precisar aguardar pelo atendimento. 

E tudo pode ficar ainda melhor: o cliente também consegue fechar sua comanda e realizar seu pagamento online em alguns segundos de forma autônoma e segura.

Saiba mais: 6 vantagens de utilizar comanda digital 

Como criar comanda para bar e restaurante

Agora que você já entende quais as vantagens de utilizar comanda no seu estabelecimento, é hora de criar seu modelo! Tanto os modelos em papel, quanto os cartões de comanda e a comanda digital podem ser personalizados. Saiba como a seguir!

  • Use um modelo de comanda gratuito: a forma mais simples e barata é utilizando um modelo de comanda editável. Há diversos formatos disponíveis para baixar. Basta escolher o seu e editar utilizando softwares como o Word, Excel, Canva ou Photoshop. 
  • Contrate um designer gráfico: se você não tem habilidades para editar um modelo pronto, outra opção é contratar um profissional para criar a comanda em papel ou a arte para o cartão. A vantagem é que você tem uma comanda exclusiva para o seu estabelecimento e pode reforçar sua marca. 
  • Adote um sistema de comanda eletrônica: neste caso, você não precisa de uma comanda física e todas as configurações são feitas direto no sistema, o que facilita muito a criação e as alterações futuras. 

E agora, que tal ver algumas ideias e se inspirar?

Modelo de comanda: baixe grátis o melhor tipo para o seu negócio

Existem tantos modelos de comanda quanto existem diferentes estabelecimentos gastronômicos. Ou seja, nesse caso a imaginação – ou melhor, a necessidade – é a mãe da invenção.

Abaixo você confere mais sobre alguns dos principais modelos de comanda. Basta salvar para utilizar esse modelo no seu estabelecimento!

Modelo de comanda para restaurante

Um modelo de comanda para restaurante conta com características próprias além dos elementos comuns – como a identidade (logo) do estabelecimento, por exemplo.

Ela costuma ser maior, pois pode ter uma variedade de itens a serem anotados. Por exemplo, pode haver pratos, doces, salgados, bebidas e muito mais para ser marcado no pedido – tudo depende da natureza do restaurante.

Por isso, no caso de uma comanda para restaurante, pode ser melhor você optar por um modelo “limpo”, em que há um espaço para anotar os pedidos dos clientes e então levá-los para a cozinha.

Isso evita que a comanda fique lotada de itens, o que pode dificultar o trabalho da equipe de atendimento e também confundir a clientela sobre o que eles pediram.

modelo de comanda para restaurante

Modelo de comanda de pizzaria

Seguindo o padrão utilizado pela grande maioria dos estabelecimentos, a comanda de pizzaria também é uma forma de contabilizar o que os clientes irão consumir.

Ela, de forma geral, conta com um logo de identificação do restaurante e um espaço para anotações.

O grande diferencial no caso de uma comanda para pizzaria é que é necessário indicar qual o formato em que as pizzas serão consumidas: a la carte ou via rodízio. 

modelo de comanda de pizzaria

Modelo de comanda para bar

No caso de um modelo de comanda para bar, você pode seguir a mesma lógica de um restaurante, só adaptando para a necessidade do seu estabelecimento.

Isso significa que é possível tanto usar um modelo com cada uma das suas bebidas e drinks descritos no modelo de comanda, quanto optar também por um estilo limpo.

No entanto, o mais recomendado é usar o modelo já com os itens descritos, pois ele facilita na hora de receber os pedidos. Isso porque em uma mesa de bar é preciso anotar diversos itens – e ter que escrever um por um deixaria o atendimento muito lento.

modelo de comanda de bar

Qual modelo de comanda escolher? 

Agora que você conhece os diferentes modelos de comanda e as características de cada um, é hora de descobrir qual utilizar.

A boa notícia é que essa tarefa é relativamente fácil: basta entender qual a natureza de atividade do seu estabelecimento e qual é a infraestrutura de atendimento que você possui.

Para um restaurante, use um modelo de comanda para restaurante; o mesmo vale para pizzarias e bares, por exemplo. A grande diferença está no modo em que a comanda funciona – física ou digital.

Caso você possua uma estrutura mais tradicional e não queira expandir suas atividades e aumentar o volume de atendimento, uma clássica comanda física com papel e caneta já pode ser suficiente.

No entanto, se você busca proporcionar atendimento ágil, otimizar sua operação e reduzir custos, o melhor é contar com uma comanda digital. Ela é mais moderna, fideliza os clientes e ajuda a alcançar mais lucratividade.

Para contar com uma comanda digital, basta ter um sistema de gestão comercial que se conecte ao seu PDV – ou, melhor ainda, que já tenha essa solução incorporada no próprio sistema.

O EPOC é essa solução ideal e você pode conferir mais sobre ela conversando com um de nossos especialistas!

Guilherme

Guilherme

Jornalista, redator e membro da equipe de marketing da EPOC.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico