Bares temáticos: veja por que e como investir neles

Ótimos para quem busca se divertir em um lugar diferente e também para quem quer abrir um estabelecimento diferenciado, os bares temáticos vêm ganhando cada vez mais popularidade.

Sumário

Ótimos para quem busca se divertir em um lugar diferente e também para quem quer abrir um estabelecimento diferenciado, os bares temáticos vêm ganhando cada vez mais popularidade.

Com essa tendência, surgem modelos e estilos variados desse tipo de bar. De conceitos inovadores de decoração até cardápios e bebidas especiais, confira tudo que você precisa saber para inspirar o seu novo empreendimento.

Saiba mais: 8 ideias de bar para criar um negócio de sucesso

O que define um bar temático?

Mas antes, vale lembrar o que define um bar temático. De forma geral, eles podem ser conceituados como um ambiente cuja decoração, atendimento e até os itens oferecidos giram em torno de uma temática central.

É aqui que entra a importância da criatividade. Afinal, um bar cujo tema é “cerveja” não é realmente único, certo?

Por isso, é comum contar com algum elemento diferente: bebidas e drinks específicos, decoração temática de algum local do mundo, ambientação relacionada a algum esporte ou equipe são exemplos populares.

Bares temáticos com bebidas

Saiba mais: 5 dicas de como administrar um bar financeiramente

Vantagens dos bares temáticos

Embora seja difícil encontrar um grande diferencial para o tema do seu bar – veja mais sobre isso logo adiante –, essa dificuldade também pode ser seu maior trunfo.

Pode parecer estranho, mas pensa só: se você encontrar um tema verdadeiramente único, pode também ser o único local a alcançar um determinado público.

Essa é a maior vantagem de contar com um bar temático em vez de um tradicional. Você pode agregar atrativos que destacam seu estabelecimento da concorrência, trazendo uma experiência única para os clientes.

Por exemplo, se você conta com um bar cuja temática é ligada a uma série ou filme de sucesso, pode atrair a audiência dessa série para o seu empreendimento.

Como montar um bar temático

Com tantas vantagens e diferenciais de mercado, está claro que os bares temáticos são empreendimentos com grande potencial de sucesso. Mas por serem tão diferentes, podem surgir dúvidas na hora de entender como iniciar um estabelecimento desse tipo.

Para te ajudar, preparamos uma lista com os principais itens que merecem a sua atenção na hora de montar um bar temático. Confira!

Bares temáticos com decoração colorida

1 – Definir o conceito do bar

Comece pelo básico e mais fundamental: o tema central do seu bar. 

Aqui vale, sim, levar em conta seus próprios gostos e paixões – afinal, é o seu empreendimento –, mas tente expandir esse horizonte. 

Tenha cuidado e evite criar um bar temático centrado em algo muito específico (como um programa de TV ou um livro), que não terá apelo por parte do público. 

Busque encontrar um equilíbrio entre esses dois pontos para definir a temática do estabelecimento. É essa identidade que irá nortear todas as decisões posteriores, como veremos a seguir. 

Leia também: Lounge bar: o que é, como começar e como ter sucesso

2 – Conhecer o seu público-alvo

Uma das mais importantes dicas para abrir um bar é conhecer muito bem o seu público-alvo. No caso dos bares temáticos, isso é ainda mais fundamental, já que eles buscam chamar a atenção de um grupo mais específico de pessoas.

Esse cuidado permite que você se planeje com eficiência e também evita a surpresa de abrir o seu estabelecimento e perceber que nenhum cliente aparece.

Defina quem é a sua clientela ideal e descubra o que ela gosta de consumir, qual o seu perfil (idade, sexo, classe social, entre outras características) e o que ela deseja encontrar em um bar com a temática que você usará.

O objetivo aqui é simples, ainda que bastante desafiador: se certificar que a sua estratégia e os seus produtos estejam de acordo com as vontades e expectativas dos seus futuros clientes.

3 – Encontrar o melhor local

Depois, é a hora de saber onde, de fato, estará o seu bar. Aqui vale também levar em conta não somente a necessidade do espaço físico (que será ligada à temática do estabelecimento), como também onde está o seu público.

Juntamente com o estudo do público-alvo, essa etapa do planejamento garante que o seu bar temático estará em um local acessível e de acordo com o perfil dos consumidores.

Leve em conta aspectos como proximidade com pontos de transporte público, segurança do bairro e distância de outros pontos de interesse do público-alvo, entre outros. 

Aqui mesmo no blog EPOC você confere mais sobre como evitar erros na hora de escolher o local do seu empreendimento.

4 – Ter atenção com a estrutura, o cardápio e os equipamentos

Imagine que você chega a uma festa de aniversário e lá se depara com somente uma faixa escrita “é o seu aniversário”, sem balões, sem velas, nem bolos. Tecnicamente, ainda é uma festa de aniversário, mas será que alguém gostaria dela?

Ou seja, contar com os itens e a decoração apropriados para uma temática é essencial – do contrário, a ideia e a personalidade do local se perdem. Um dos desafios dos bares temáticos é justamente unir a utilidade com o estilo.

Então busque encontrar e adquirir ferramentas e equipamentos que ajudem a construir a decoração e a temática do local. Por exemplo, se o tema é ficção científica, você precisa ter copos, pratos e até receitas diferentes, que ajudem a consolidar o conceito.

O mesmo vale para o cardápio. Crie bebidas, petiscos e pratos que conversem com a decoração e o tema, seja através do nome dos itens do menu ou então nas receitas em si.

Leia também: É obrigatório pagar couvert artístico? Entenda a lei

5 – Treinar a equipe

Você sabe exatamente quem é o seu cliente, definiu o melhor local possível para iniciar o seu bar temático e já conta com todos os equipamentos, decorações e um cardápio relacionados à temática. Tudo pronto, agora é só abrir o estabelecimento oficialmente, certo? Errado!

Ainda falta uma parte fundamental de qualquer bar: o treinamento da equipe. Seja o time de atendimento ou a equipe interna de preparo, todos devem estar a par das melhores práticas, rotinas e processos.

Mas só isso não basta no caso dos bares temáticos. É preciso também que cada um conheça profundamente a temática e o conceito do estabelecimento. Além disso, você deve proporcionar uniformes temáticos e também ajudar os colaboradores a desenvolverem e aplicarem uma linguagem e estilo de atendimento que faça parte do tema do bar.

Leia também: Quais as funções dos profissionais que trabalham em bar?

A melhor forma de gerenciar um bar

E para garantir que o seu bar temático terá sucesso com uma operação eficiente, ágil e lucrativa, você precisa contar com um sistema de gestão e automação comercial como o EPOC.

Para saber mais, fale com um de nossos especialistas sem compromisso e entenda como essa tecnologia pode revolucionar o seu novo empreendimento!

Guilherme

Guilherme

Jornalista, redator e membro da equipe de marketing da EPOC.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico