Como montar um cardápio de bar estratégico e vender mais

Saiba qual a importância do cardápio de bar, entenda por que ele é estratégico para o negócio e confira um passo a passo para montar o seu
pessoas bebendo cerveja e comendo petiscos, em referência a cardápio de bar

Sumário

Montar um cardápio de bar pode até parecer simples: listar as opções de bebidas, incluir alguns petiscos, usar um modelo bonito e pronto. Mas não é bem assim…

Você até pode fazer dessa forma, mas estará perdendo a oportunidade de se diferenciar e vender muito mais. Quer saber como criar um cardápio estratégico que vai ajudar seu negócio a crescer? Então confira nosso guia! 

Qual a importância do cardápio para bares?

Ter um cardápio bem elaborado é essencial para o sucesso de qualquer bar. 

Muito mais do que apresentar aos clientes as opções de bebidas e comidas disponíveis para consumo, ele também é uma poderosa ferramenta de marketing. 

Portanto, a primeira coisa que você deve ter em mente ao criar um cardápio para bar é que ele é estratégico para o negócio. Um bom cardápio tem potencial para:

Despertar o interesse dos clientes

Qual a primeira coisa que os clientes fazem ao chegar em um bar? Muito provavelmente eles irão se acomodar em uma mesa e pedir o cardápio ao garçom, certo?

Esse é o ponto de contato inicial entre o seu bar e os clientes. E, como diz o ditado: a primeira impressão é a que fica.

Assim, é preciso pensar no cardápio como uma vitrine. Ele deve ser elaborado com o objetivo de chamar a atenção de dar água na boca. 

Ou seja: ter um cardápio com opções de comida e bebidas diferenciadas, bem organizado, simples e objetivo, com imagens bonitas e descrições claras é fundamental para despertar o interesse dos clientes logo na chegada e aumentar a expectativa sobre a experiência que estão prestes a viver. 

Influenciar o comportamento de compra

Muitos donos de bar criam menus simples, apenas listando as opções e seus preços — e, assim, perdem a chance de influenciar a escolha dos clientes e lucrar mais. 

Se o cardápio não tem destaque nenhum, o cliente tem mais dificuldade para decidir e você pode acabar vendendo apenas aquele prato que não é vantajoso para o seu estabelecimento. 

Destacar pratos diferenciados, drinks autorais e promoções especiais é uma tática para incentivar os clientes a experimentar itens que são mais lucrativos para o bar.

Leia também: O que faz um sommelier? Saiba se vale a pena contratar

Reforçar a identidade e posicionamento  

Por fim, você pode fazer um cardápio de bar criativo que reflita o conceito, a identidade e o posicionamento do seu negócio. Ele é também uma forma de fortalecer sua marca e se diferenciar da concorrência. 

Os títulos dos pratos e drinks, os elementos visuais (cores, fontes, imagens etc) e a linguagem utilizada nas descrições fazem toda a diferença. Tudo isso serve para comunicar os valores do bar, gerar identificação e conexão com os clientes. 

Agora que você já entendeu como o cardápio é importante para o sucesso do seu bar, confira a seguir o passo a passo para montar um cardápio mais estratégico! 

Passo a passo: como montar um cardápio de bar? 

Construímos esse passo a passo pensando em ajudar você a montar um cardápio que realmente traga melhores resultados para o seu negócio. Siga nosso guia abaixo!

Passo 1: Conheça o perfil de clientes

O primeiro passo é conhecer a fundo qual o perfil dos seus clientes. Faça uma pesquisa para identificar tanto as características demográficas (como gênero, idade e classe social, por exemplo) quanto o padrão de consumo (quais são os produtos que mais compram, que tipo de experiências buscam, quanto costumam gastar). 

Você pode extrair algumas dessas informações do seu sistema, caso utilize algum. Sistemas para bar como o EPOC, por exemplo, trazem relatórios completos e simples de analisar. 

Passo 2: Defina o que vai servir

A partir do perfil do seu público, e considerando também o conceito do seu bar, defina quais são os pratos e bebidas que você irá oferecer. 

Por exemplo: faz sentido para uma chopperia ter uma variedade de porções e petiscos, enquanto um gastrobar costuma servir refeições mais completas e refinadas. Tudo depende do tipo de bar, mas a seguir temos algumas ideias do que servir:

Cardápio de porções e petiscos para bar

As porções ou petiscos são tradicionais em bares pois tem o preparo mais simples, são lucrativas e acompanham super bem as bebidas. Algumas opções que você pode incluir são:

  • Batata frita
  • Dadinho de tapioca
  • Pastéis
  • Tábua de frios
  • Calabresa acebolada
  • Frango à passarinho
  • Camarão
  • Iscas de peixe
  • Bolinhos de bacalhau

Cardápio de bebidas para bar

Entre as bebidas que podem ser servidas em um bar estão: 

  • Cervejas e Chopps
  • Vinhos
  • Vodka, Whisky e destilados
  • Energéticos
  • Refrigerantes
  • Sucos

Cardápio de drinks para bar

O cardápio de drinks de um bar pode conter tanto os drinks autorais exclusivos da casa quanto os drinks tradicionais como:

  • Negroni
  • Martini
  • Margarita
  • Mojito
  • Caipirinha
  • Cosmopolitan
  • Moscow Mule
  • Whisky Sour
  • Aperol Spritz
  • Sex on the beach

Passo 3: Acerte na precificação

De nada adianta montar um cardápio perfeito se os preços não estão adequados. Esse é um dos grandes desafios dos gestores de bares, especialmente os que estão começando agora. 

Fazer uma precificação correta de cada um dos itens é fundamental para que seu bar seja de fato lucrativo. Utilize a ficha técnica como base e não esqueça de considerar todos os custos de produção, custos fixos e impostos. 

Passo 4: Identifique os itens mais lucrativos e populares

Um ponto importante se você quiser criar um cardápio de bar mais estratégico é saber quais são os itens do seu cardápio que são mais lucrativos e populares. Isso vai ajudar a destacar o que dá mais retorno para o seu negócio e direcionar a escolha dos clientes. 

A engenharia de cardápio é a tática utilizada para mapear esses itens e organizar o cardápio adequadamente. 

infográfico engenharia de cardápio

Passo 5: Monte combos e promoções

Após identificar o que é mais lucrativo e popular no cardápio do seu bar, você pode criar combos e promoções para aumentar a sua lucratividade ou até mesmo acabar com o estoque de um item que não costuma sair muito.

Um combo de um item popular (por exemplo, um chopp) + um item lucrativo (batata frita) com certeza fará sucesso se tiver um destaque no cardápio. 

Passo 6: Dê opções de personalização

Permitir que o seu cliente personalize os pedidos é uma ótima ideia se você quiser proporcionar uma experiência incrível. Inclua as opções de personalização no cardápio para que fique ainda mais fácil para ele fazer o pedido.

Passo 7: Escolha nomes criativos 

Para criar um cardápio de bar cheio de originalidade, que tal dar nomes criativos para os seus pratos e drinks? Como vimos anteriormente, essa é uma forma de fortalecer a sua marca e, além disso, pode encantar e divertir os clientes. 

Passo 8: Utilize imagens atrativas

Capriche nas imagens! O estímulo visual conta muito na hora da escolha do pedido. Por isso, vale a pena utilizar fotos de qualidade e outros recursos visuais para tornar o seu cardápio mais atrativo e destacar os itens mais importantes. 

O ideal é contratar um profissional para criar essas imagens reais dos pratos e bebidas que você vai servir. Não vale criar uma expectativa no cliente se você não vai entregar o que ele viu no cardápio, certo?

Passo 9: Escreva descrições claras

As descrições dos itens do cardápio também são elementos que podem influenciar a decisão dos clientes. Então, descreva de forma objetiva e clara cada um dos itens, indicando os ingredientes. 

Para ir além, use uma linguagem original e própria, que se encaixe no conceito do seu bar. Use adjetivos para descrever os pratos e despertar a vontade dos seus clientes. 

Passo 10: Crie um layout otimizado

Na hora de montar o cardápio do seu bar, pense em um layout que seja bem organizado e que destaque os itens que você já identificou como sendo mais lucrativos e populares. O seu objetivo é apresentar as opções de forma inteligente e facilitar a decisão do cliente. 

Você também pode contar com um designer gráfico para criar um layout com a cara do seu bar. 

Passo 11: Simplifique 

Por fim, busque sempre simplificar. Nenhum cliente gosta de ficar folheando um cardápio enorme com tantas opções que é difícil de encontrar o que deseja e de escolher. 

Um cardápio enxuto, com poucas mas boas opções, muitas vezes é muito mais eficaz do que um cardápio super variado, mas que nada se destaca. 

Cardápio digital: conheça as vantagens!

E se você quiser ter ainda melhores resultados com o seu cardápio de bar, considere utilizar uma solução de cardápio digital

Saiba mais: 9 motivos para adotar cardápio digital por QR Code

Além de ser muito mais fácil e simples de criar, ele também tem outros benefícios como: 

  • Flexibilidade e facilidade para atualizar 
  • Destaque de promoções de vendas sugestivas
  • Redução de custos operacionais
  • Aumento do ticket médio
  • Experiência do cliente moderna 
  • Atendimento ágil 
  • Integração com sistema PDV, ERP e KDS

Entre muitos outros! O EPOC GO, por exemplo, é um cardápio digital que também permite que seu cliente faça o pedido e pague direto do próprio celular. Se você quer saber como as soluções da EPOC podem ajudar seu negócio a crescer, agende agora mesmo uma demonstração

Marianne Ternes

Marianne Ternes

Graduada em Jornalismo pela UFSC, é especialista em marketing de conteúdo e SEO para negócios B2B no setor de tecnologia.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico