8 dicas de como atender bem um cliente no restaurante ou bar

Quer saber como garantir que os seus clientes não apenas voltem sempre ao seu empreendimento, como também o recomendem para amigos e familiares? Confira oito dicas de como atender bem um cliente!

Sumário

Um prato delicioso ou um drink feito perfeitamente não valem de nada se o ambiente e o atendimento de um estabelecimento não agradam aos clientes. Por isso é fundamental saber como atender bem um cliente, seja em um bar ou restaurante.

Lembre-se: um atendimento de qualidade é fundamental, já que, segundo o Sebrae, 80% dos clientes insatisfeitos procuram outros estabelecimentos e nunca voltam àquele em que foram mal atendidos.

Quer saber como garantir que os seus clientes não apenas voltem sempre ao seu empreendimento, como também o recomendem para amigos e familiares? Confira oito dicas a seguir!

Leia também: Como fazer um fluxograma de atendimento ao cliente para restaurante

O que é um atendimento de qualidade

Mas primeiro, vale ressaltar o que faz a diferença na hora de atender um cliente e o que seus consumidores buscam. De forma geral, é preciso combinar produtos de qualidade, ambiente aconchegante e atendimento ágil.

Ou seja, para entender como atender bem um cliente no seu estabelecimento, primeiro tenha a certeza de que o seu cardápio entrega o que as pessoas procuram na hora de beber/comer.

Por exemplo, se você sabe que um determinado drink é muito popular entre o seu público-alvo, nunca deixe de tê-lo disponível.

Depois, procure aprimorar o espaço físico do seu restaurante ou bar e facilitar o consumo de quem está nele. Algumas formas de fazer isso são:

  • Criar um ambiente convidativo e confortável;
  • Ter cuidado com a climatização do local;
  • Sinalizar bem cada espaço (bar, caixa, mesas, banheiros etc.);
  • Ter uma equipe preparada e em bom número.

Saiba como atender bem um cliente com essas 8 dicas

Agora é a hora de conferir as dicas para um bom atendimento ao cliente. Elas vão te ajudar a definir estratégias, ações e diferenciais que criarão um espaço irresistível para os seus clientes.

1. Treine bem a sua equipe

A melhor dica para começar é – surpresa! – partir do princípio. Nesse caso, com a sua equipe de atendimento. Afinal, é ela quem irá receber e entregar pedidos, tirar dúvidas, ouvir sugestões/reclamações, entre outras interações fundamentais para a experiência da clientela.

Por isso, certifique-se do seguinte:

  • A equipe sabe operar todos os softwares e hardwares que seu bar/restaurante usa;
  • Todos precisam saber como realizar os processos de atendimento (como receber e entregar pedidos, registrar vendas, entre outros).
  • Todos conhecem o cardápio, o espaço físico e a melhor linguagem para interagir com a clientela também é importante.

Para fazer isso, realize treinamentos periódicos com os colaboradores para que tirem dúvidas, se atualizem sobre novos procedimentos e troquem conhecimento sobre boas práticas de atendimento e as dúvidas mais comuns que os clientes costumam ter.

2. Reduza as filas e o tempo de espera

Quando você chega a um restaurante morrendo de vontade de comer uma deliciosa refeição, não há nada pior do que ser recebido por uma imensa fila. O mesmo vale para quando você tenta pedir uma bebida no bar e há mais pessoas esperando no balcão do que pessoas atendendo.

Para evitar que isso aconteça, invista em tecnologia e em pessoal para agilizar ao máximo possível o atendimento aos clientes.

Permita a reserva antecipada – melhor ainda se for via smartphone –, tenha diversos pontos de atendimento e também facilite o autoatendimento (via totem de autoatendimento ou smartphone).

Ao mesmo tempo, busque sempre ter um número adequado de pessoal que possa dar conta do atendimento, garantindo agilidade e eficiência ao receber e entregar os pedidos – claro, sem errar, nunca! Uma forma de facilitar isso é contar com um app de cardápio digital e de pagamento via smartphone, como o EPOC GO.

3. Busque feedbacks e faça melhorias com base neles

Ninguém cresce e melhora sozinho. É preciso trocar ideias, ouvir sugestões e interpretar as críticas construtivas para entender o que e como melhorar.

Por isso, é fundamental que você crie formas de receber o feedback dos seus clientes para entender o que lhes agrada e o que pode melhorar.

Você pode criar grandes ações para incentivar o feedback – como oferecer cashback em troca de respostas em uma pesquisa de satisfação –, ou mesmo estabelecer uma simples caixinha de sugestões.

Assim você ficará mais perto de saber como atender bem um cliente no seu estabelecimento de acordo com as necessidades específicas do seu público.

4. Tenha atenção com o seu cardápio

Atender bem sua clientela não significa somente a interação das pessoas com o espaço do seu bar/restaurante ou com sua equipe de atendimento. Um item que por vezes passa despercebido mas que tem muita importância na experiência de um cliente é o cardápio.

Aplique técnicas da chamada engenharia de cardápio para ajudar os clientes a encontrarem os itens mais populares de forma fácil e intuitiva.

E também busque disponibilizar o cardápio em diferentes formas, como, por exemplo, acessível no smartphone, o que traz mais comodidade e autonomia para os seus consumidores.

5. Fidelize os clientes e não tenha medo de fazer promoções

Este é um dos pontos que, na verdade, acontece como uma somatória de todos os outros.

Isso porque se você tem um cardápio intuitivo, uma equipe qualificada, proporciona atendimento rápido e escuta o que seus clientes dizem, é muito provável que eles voltem sempre.

Mas isso não significa que você não precisa realizar outras ações para fidelizar sua clientela, afinal, é muito mais difícil – e caro – conquistar um cliente novo do que fazer um cliente antigo retornar.

Para reter essas pessoas, invista em políticas de cashback, faça promoções para clientes recorrentes e crie programas de fidelidade que presenteiem os consumidores que retornam ao seu estabelecimento. Aposte também em promoções e eventos sazonais – para saber mais, confira o nosso Calendário de Datas Importantes Para Bares e Restaurantes!

6. Use e abuse da tecnologia

Se você ainda está usando papel e caneta para anotar pedidos, tocando sininhos na cozinha para avisar que eles estão prontos e disponibilizando seu cardápio somente em papel, você precisa se atualizar urgentemente.

Atualmente os consumidores esperam por uma experiência moderna e ágil, em que possam ter autonomia, confiança no atendimento e rapidez na hora de pagar. E para que você disponibilize tudo isso, é primordial tirar proveito da tecnologia.

É para isso que existem os sistemas de controle de bares e restaurantes, também conhecidos como ERP, que permitem oferecer recursos digitais, automatizar tarefas e agilizar processos de atendimento.

Com esse tipo de solução, você pode, por exemplo, contar com cardápio online e comanda digital. Assim, os clientes podem visualizar os pratos e as bebidas a qualquer momento e já fazer o pedido.

Dessa forma, a clientela ganha autonomia e privacidade. Já o seu time de atendimento tem mais tempo para atender quem realmente tem dúvidas.

Além disso, seja via autoatendimento ou quando as equipes de atendimento registram os pedidos dos clientes em aparelhos do bar/restaurante, em ambos os casos os pedidos ficam prontos mais rapidamente. Isso porque eles são enviados automaticamente para a cozinha/bar, o que acelera todo esse processo.

7 . Facilite o pagamento

Com uma solução de ERP, você facilita também o pagamento – tanto para você quanto para seus consumidores. Os clientes podem finalizar suas contas usando o celular, sem esperar em filas, e pagando via crédito ou PIX. Já você recebe o dinheiro em tempo real com total segurança.

Além disso, com uma solução mais moderna para o pagamento, você consegue diversificar suas fontes de renda – seja via crédito, débito ou Pix – sem precisar ter diversas maquininhas de pagamento.

Assim, seus clientes têm mais liberdade para escolher como pagar sem precisar enfrentar filas ou dificuldades na hora de pagar (como aquela maquininha que nunca tem sinal, sabe?).

O pagamento através de um ERP também ajuda você: com ele fica muito mais fácil evitar erros e até fraudes na hora de fechar caixas, é mais prático visualizar informações sobre o fluxo financeiro e, graças ao atendimento, você recebe os pagamentos diretamente dos clientes.

8. Controle o estoque

Por fim, outra forma que a tecnologia ajuda a atender bem um cliente é com o controle de estoque. 

Se você achou estranho, pense só: como é a experiência de um consumidor que chega no seu estabelecimento e, ao fazer o pedido, percebe que seu item favorito do cardápio não está disponível?

Ter um controle de estoque não impacta somente a eficiência da sua operação e o seu fluxo de caixa, como também influencia no atendimento ao cliente. 
Com um ERP, por exemplo, você registra automaticamente as saídas e entradas de estoque, evitando que você deixe um ingrediente acabar, o que causa perda de vendas (e de clientes).

Confira outras dicas para gestão de restaurantes e bares

Gostou das nossas dicas para atender bem um cliente? Então aproveite nossos outros conteúdos! Confira boas práticas para alcançar atendimento de excelência e baixe nosso Guia de Treinamento de atendimento ao cliente grátis!

Guilherme

Guilherme

Jornalista, redator e membro da equipe de marketing da EPOC.

Inscreva-se em nosso blog

Receba os melhores conteúdos para ajudar a alavancar seu negócio gastrônomico